Medalha de ouro de Jesse Owens nos Jogos Olímpicos de 1936 vai à leilão

3 dez 2013

O ícone de um dos momentos mais marcantes da história das Olimpíadas terá um novo dono. Vai à leilão uma das quatro medalhas de ouro conquistadas por Jesse Owens nos Jogos Olímpicos de 1936, realizados em Berlim, na Alemanha. O atleta negro subiu ao lugar mais alto do pódio, cara a cara com Adolf Hitler, na época em que o nazismo tinha como objetivo mostrar a supremacia ariana.

O objeto foi posto para leilão pela viúva da estrela do cinema Bill Robinson, de quem Owens era muito amigo e a quem presenteou com a medalha em troca de ajuda para encontrar emprego na indústria do entretenimento depois que voltou da Alemanha. De acordo com a SCP Auctions, a medalha, que é genuína, pode receber lances de mais de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 2,3 milhões). O lances serão encerrados no dia 7 de dezembro.

Para Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, a medalha tem importância além das conquistas esportivas de Jesse Owens e faz parte da história do mundo, por isso não deveria estar sendo leiloada.

O paradeiro das outras três medalhas de ouro originais é desconhecido. Owens recebeu um conjunto de medalhas substitutas, que agora fazem parte de uma exposição na Universidade Estadual de Ohio, onde ele estudou. Nos Jogos de 1936, o americano ganhou o ouro nos 100m, 200m, revezamento 4x100m e salto em distância.