Erick Vitor, Matogrossense recebe Prêmio no “Oscar” do Esporte!

30 mar 2017

Na noite de ontem (29), o Comitê Olímpico do Brasil (COB) fez a entrega do Prêmio Brasil Olímpico, evento que é considerado o Oscar do esporte nacional. A cerimônia aconteceu no Rio de Janeiro e premiou os atletas por suas campanhas nos Eventos Esportivos de 2016. Entre os 47 homenageados estava o atleta de Sorriso – MT, Eric Vitor Campos da Silva, o “Boltinho”.

 Com apenas 14 anos, Erick Vitor recebeu o prêmio na categoria “Melhores Atletas dos Jogos Escolares Brasileiros da Juventude” e, juntamente com três esportistas de outros Estados, foi citado como “o futuro do esporte do país”. A premiação, que está na 15ª edição, ocorreu na Cidade das Artes e premiou atletas, treinadores e equipes que mais se destacaram no ano passado.

 Atleta da Associação Sorriso de Atletismo (ASA Sorriso), Erick Vitor viajou acompanhado pelo treinador Marcos Flademir Vieira.

No ano passado, além do ouro nos 100 m com barreiras dos Jogos Escolares da Juventude em João Pessoa (PB), Erick Vitor também foi campeão na mesma prova no Campeonato Brasileiro Caixa Sub-16. Apelidado de “Boltinho” em alusão ao jamaicano Usain Bolt, junto com o ouro nos Escolares, Eric também marcou o tempo de 13s50, novo recorde da competição.

O atletismo de Mato Grosso a cada ano revela talentos para o Brasil, é triste saber que mesmo com tantas conquistas, tantas crianças, jovens e adolescentes que tiveram uma oportunidade de vida graças ao esporte, a modalidade é deixada de lado no que se refere a estrutura frente a outros centros esportivos.

Quer deixar uma mensagem ao nosso campeão?

Erick Vitor

Resultado X Estrutura

Hoje Mato Grosso não tem uma pista de atletismo oficial, pois a única que estava dentro das regras foi “destruída” e no lugar ficou a promessa, o sonho. O C.O.T UFMT (Centro Oficial de Treinamento) que deveria estar pronto em abril de 2014 até hoje não foi entregue, a pista de atletismo da UFMT que já abrigou competições como os Jogos Abertos Brasileiros em 2010 e a Olimpíadas Escolares em 2012, hoje é apenas mais uma obra inacabada.

Quem perde com isso são esses atletas, que a exemplo do Eric, tem que competir em pistas sem condições, como foi o caso dos Jogos Escolares – Fase Estadual, que é classificatório para os Jogos Escolares da Juventude, foi realizado na cidade de Araputanga em uma pista “quadrada”. Até quando irão faltar com respeito a modalidade esportiva que mais conquista medalhas para o Estado nos Jogos Escolares da Juventude?

A comunidade do Atletismo de Mato Grosso clama por ajuda. Clama por estrutura. Se não forem terminar o COT que devolvam uma pista igual ao que era a da UFMT.

θlftaques