De olho no bi mundial indoor, Duda evita pressão por responsabilidade

2 jan 2014

Uma lesão no pé no início de dezembro fez com que Mauro Vinícius da Silva, o Duda, passasse as festas de fim de ano em plena atividade. Descanso apenas no dia 1º de janeiro. Nesta quinta, o atleta retomou a preparação no Centro Esportivo Eldorado, na cidade de São José do Rio Preto (SP). Atual campeão mundial de salto em distância em pista coberta, Duda treina para defender seu título no Campeonato Mundial Indoor em Sopot, na Polônia, de 7 a 9 de março.

– Estou animado, é a primeira vez que vou defender meu título mundial. Claro que sinto um pouco mais de responsabilidade, mas isso não pode virar uma pressão excessiva – disse o saltador, 5º lugar no Mundial de Moscou em 2013, a três centímetros do ganhador da medalha de bronze.

Este mês, o atleta de 27 anos completos no último dia 26 começará a treinar em São Paulo, no Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, orientado pelo técnico Aristides “Tide” Junqueira. A mudança foi sugerida por Antonio Carlos Gomes, Superintendente de Alto Nível da CBAt e visa a Olimpíada de2016.

No início de fevereiro, Duda e Tide seguem para o Centro de Alto Rendimento do Jamor, em Lisboa, onde o atleta faz a preparação final para o Mundial de Sopot. Antes, participa do GP de Birmingham (GBR), um dos mais importantes da temporada indoor da IAAF (Associação Internacional das Federações de Atletismo).

Líder do Ranking Sul-Americano, com 8,31m e dono de nove entre as dez melhores marcas do continente em 2013, Duda terminou em 6º lugar no Ranking Mundial.
– Ele está numa fase dura de treinos e precisa seguir uma rotina, inicialmente com o foco na Polônia – disse Tide Junqueira.